Loheng Nome sem borda.jpg

Livros

capa LMA shutter site longa.jpg

Este livro é um ensaio artístico de uma psicosofia. O mundo da alma, a interioridade humana, é um campo vasto a ser explorado e transformado. O nível científico precisa conectar-se ao artístico para alçar novos níveis de compreensão desta dimensão humana. Baseado no que foi vivido, o texto foi possível através do nascimento de novas palavras.

 

A linguagem poética empresta o poder das imagens para expressar o que os conceitos não abrangem. O laboratório é a pesquisa necessária para a descoberta de novos modos de ser. A própria vida em si oferece continuamente oportunidades para essa pesquisa. Viver como processo de descoberta e invenção de si mesmo permeia o sentido deste ensaio como um todo.

 

Criar novos olhares internos para que abram panoramas de um melhor viver é a pesquisa cotidiana no laboratório da alma. Esse mundo não pode ser acessado diretamente, a linguagem em imagens é um caminho de aproximação a estes mistérios. As imagens simbólicas emprestam a audácia da arte e ensaiam uma psicosofia.

 

A evolução da vida se expressa na metamorfose dos seres vivos.

Os passos de uma evolução futura dependem da humanidade e são ensaiados em cada um de nós.

capa LMA shutter DIVULGACAO.jpg

O poder de uma planta em transmutar uma folha em flor

é o exemplo de transcendência na matéria

que a natureza empresta ao ser humano.

 

A busca por esse poder na vida individual

é aprender a ser uma pessoa pesquisante, realizadora de criações

e descobertas em seu próprio laboratório, sua alma.

 

“Eu penso: eu sou luz.

Eu sinto: eu sou calor.

Eu quero: eu sou fogo.

 

A luz revela meu ser.

O calor permeia meu ser.

O fogo move meu ser.”